Grávida pode comer amendoim?

O amendoim na gravidez

Apesar de você poder já ter ouvido o contrário, o consumo de amendoim é perfeitamente seguro durante toda a gravidez desde que você não sofra de alergia.

A crença de que o consumo de amendoim durante a gestação poderia estar ligado ao desenvolvimento de alergias e intolerância alimentar no bebê, levou a que durante muito tempo as mulheres fossem aconselhadas pelos médicos a evitar o seu consumo durante a gravidez.

No entanto, estudos recentes demonstraram que não existe uma ligação de causa-efeito entre o consumo de amendoim durante o período de gravidez e o desenvolvimento de alergias no bebê.

Pelo contrário, os mesmos estudos demonstraram que quanto maior for o consumo de amendoim menor é a chance de que o bebê desenvolva uma alergia a esse alimento. Porém, essa relação apenas existe no caso da mãe não qualquer tipo de intolerância ao amendoim.

Benefícios amendoim na gravidez

O amendoim é um alimento com alto valor energético (cerca de 567 calorias por 100g) e uma excelente fonte de antioxidantes.

Devido ao alto teor de gordura monoinsaturada que ajuda a reduzir os níveis de colesterol LDL (colesterol mau), e à presença do antioxidante resveratrol, o amendoim ajuda a reduzir o risco de problemas cardíacos.

Além disso, o resveratrol ajuda a melhorar a circulação sanguínea dilatando os vasos sanguíneos, o que contribui para a regulação da pressão arterial e para a diminuição do risco de acidente vascular cerebral.

Riscos do consumo de amendoim

O amendoim apenas apresenta riscos para quem tem uma história de alergia a esse alimento, podendo ocorrer nesses casos sintomas que podem ir desde uma reação cutânea ligeira até ao choque anafilático.

Sintomas de alergia ao amendoim

  • Reação cutânea
  • Irritação da boca e garganta
  • Diarreia, náusea ou vômitos
  • Sensação de aperto na garganta (devido a inchaço).
  • Dificuldade em respirar
  • Em caso de choque anafilático:
    • Aumento da pulsação
    • diminuição da pressão arterial
    • Tonturas, perda de consciência

Em resumo

O consumo de amendoim durante a gravidez apenas apresenta riscos para quem tem uma história prévia de alergias. Nos restantes casos, a inclusão do amendoim na dieta pode até trazer benefícios tanto para a mãe como para o bebê.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Reddit

6 comentários em “Grávida pode comer amendoim?

  • 16 de setembro de 2016 em 11:08
    Permalink

    Estou grávida de 2 meses e nunca havia comido a pasta de amendoim. Comi pela primeira vez e percebi que meu deu muita energia, me senti muito bem. Sacia a fome por muito tempo. Fora que é uma excelente fonte de proteína e de boa gordura, ferro e vitamina do complexo B. Excelente! Só não aconselho a comer à noite, pois ele tira o sono.

    Resposta
    • 16 de setembro de 2016 em 11:47
      Permalink

      Obrigado pela partilha, Maria!

      Resposta
    • 13 de janeiro de 2017 em 13:14
      Permalink

      Por isso que não dormi essa noite! Me deu muita vontade, comprei um pacotinho e comi a noite mesmo. KKKK estou com 20+5

      Resposta
  • 1 de julho de 2017 em 17:40
    Permalink

    Estou grávida d 8 semanas e estou com descolamento d placenta,estou c muita vontade comer canjicão ,será q posso comer?

    Resposta
    • 1 de julho de 2017 em 19:47
      Permalink

      Olá, Katia

      O amendoim apenas é desaconselhado no caso de haver uma história de intolerância ou alergia. Por isso, se você nunca teve problemas relacionados com o consumo de amendoim não haverá problema.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *