Enjoo na gravidez: Aprenda a aliviá-lo!


Saiba como aliviar o enjoo na gravidez

O enjoo matinal é provavelmente o sintoma mais característico da gravidez, fazendo com que você se sinta frequentemente nauseada ou com vontade de vomitar, particularmente durante o primeiro trimestre da gravidez.

Esta sensação de náusea pode ser muito incômoda, causando uma sensação de mal-estar geral e impedindo-a de realizar as suas rotinas normais. No entanto, lembre-se que é perfeitamente normal e que a maior parte das gestantes sofrem, com maior ou menor intensidade, do mesmo problema.

Enjoo matinal é apenas matinal?

Apesar de ser conhecido como “Enjoo matinal”, esta sensação de náusea pode acontecer a qualquer altura do dia, estando a designação apenas relacionada com o fato de muitas mulheres terem mais náuseas pela manhã, sentindo um alívio progressivo à medida que o dia avança.

O que causa o enjoo na gravidez?

As crises de náusea e vômitos que ocorrem durante a gravidez podem ser causadas por uma combinação de vários fatores, e é difícil apontar uma causa única para este tipo de sintomas.

No entanto, vários estudos indicam que as alterações hormonais possam contribuir de uma forma importante para a ocorrência de náusea durante a gravidez, uma vez que existe uma correlação entre o aumento dos níveis de certos hormônios, como a hCG1 e o Estrogênio, e o aumento da frequência de náuseas.

No início da gravidez, além das alterações hormonais, ocorrem também alterações importantes ao nível do olfato, tornando a mulher mais sensível a certos odores, o que pode conduzir, em alguns casos, a aumento da sensação de náusea ou mesmo causar o reflexo de vômito.

Além disso, o aumento do nível de estresse ou o cansaço poderão predispor algumas mulheres para uma maior frequência de náuseas ou vômitos.

Como aliviar o enjoo na gravidez?

A melhor forma de aliviar ou diminuir a frequência dos enjoos é perceber em que circunstâncias acontecem e tentar alterar alguns hábitos que possam aumentar a sensação de náusea.

Algumas dicas úteis para aliviar o enjoo:

  • Evite comidas ou odores que provoquem náusea ou vômito.
  • Faça pequenas refeições distribuídas ao longo do dia, de forma a manter a glicose do sangue em níveis adequados, pois a náusea pode ser causada por níveis baixos de glicose.
  • Ao levantar da cama, coma uma bolacha de água e sal. Comer uma bolacha antes de levantar diminui as chances de se sentir nauseada.
  • Mantenha-se hidratada, bebendo água e outros líquidos ao longo do dia. Evite, no entanto, beber muita água de uma vez pois isso pode piorar a sensação de náusea ao invés de aliviá-la.
  • Tente melhorar o seu sono e descansar o suficiente. Pouco descanso e sono irregular estão associados a uma maior frequência de náusea.
  • Use roupa confortável e pouco apertada na cintura.
  • Faça exercícios de relaxamento para diminuir os seus níveis de estresse.
  • Fale com o seu médico acerca da possibilidade de tomar vitamina B-6, pois esta tem um efeito positivo no alívio das náuseas.
  • Por mais forte que seja a sensação de náusea nunca deixe de comer, pois isso só irá agravar a náusea e provocar um círculo vicioso em que você deixa de se alimentar para evitar a náusea, apenas para sentir ainda mais nauseada.

É normal não sentir enjoo durante a gravidez?

Embora o enjoo afete a maioria das grávidas, entre 50% a 80%, conforme a população, não existe qualquer razão para se preocupar no caso de não sentir qualquer tipo de enjoo.

É também relativamente comum sentir náusea sem que esta seja acompanhada por vômito.

A ausência de enjoo pode significar um maior risco de aborto?

Embora alguns estudos indiquem que as gestações resultantes em aborto estão associadas a uma menor ocorrência de enjoo, isso não significa que sempre que haja ausência de enjoo exista um maior risco de aborto.

No entanto, se tiver receio dessa possibilidade é aconselhável que consulte o seu médico.

Em que altura da gravidez diminuem os enjoos?

A ocorrência de enjoos tende a diminuir entre a 13.ª e 14.ª semana, mas não é possível fazer uma previsão exata, podendo em alguns casos durar menos tempo ou prolongar-se um pouco mais até às primeiras semanas do segundo trimestre.

Quando devo procurar ajuda médica?

Algumas vezes, a sensação de náusea e vômito pode ser tão frequente e intensa que se torna uma ameaça para a saúde. Nesse caso, já não estamos a falar do enjoo normal da gravidez, mas de um agravamento desse sintoma denominado de Hiperêmese Gravídica.

A Hiperêmese Gravídica é caracterizada por vômitos intensos e frequentes, que não são possíveis de controlar sem um tratamento específico com anti-eméticos em ambiente hospitalar.

Por isso, se sentir que a intensidade dos vômitos está aumentando ou se perder peso, deverá consultar o seu médico a fim de que este possa fazer um diagnóstico detalhado e, se for o caso, recomendar tratamento adicional.

1 Gonadatrofina Coriônica Humana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.