Ganho de peso na gravidez


Ganho de peso na gravidez: saiba o que esperar

Ganhar peso durante a gravidez é algo expectável e necessário, pois é o resultado normal das alterações físicas que ocorrem ao longo da gestação, de forma a permitir o crescimento do bebê no útero materno.

O aumento do tamanho do útero, do volume de sangue e das reservas de gordura corporal fazem parte de um conjunto de mudanças necessárias ao desenvolvimento saudável do bebê e implicam um ganho de peso por parte da mãe. Essas mudanças, aliadas a outros fatores, podem adicionar entre 10kg e 12,5kg ao peso anterior à gravidez.

Ainda que o ganho de peso seja algo normal, existe o risco de ganhar mais peso do que o necessário, pelo que é importante ter alguns cuidados, especialmente no que toca à alimentação e aos níveis de atividade física.

Ganhar peso na gravidez de forma saudável

Existe o mito enraizado de que durante a gravidez se deve “comer por dois”. Porém, como a maior parte das crenças populares, essa afirmação não corresponde inteiramente à verdade, sendo apenas uma forma simples de dizer que as necessidades nutricionais aumentam durante a gravidez.

Aliás, durante o primeiro e segundo trimestre, as necessidades nutricionais mantém-se mais ou menos as mesmas do que antes da gravidez (cerca de 2000 Cal/dia), sendo apenas necessário aumentar o consumo de calorias a partir do terceiro trimestre.

Mesmo assim, apenas são necessárias, em média, mais 200 a 300 Cal/dia para suprir as necessidades nutricionais do terceiro trimestre. E embora esse valor possa variar um pouco conforme as necessidades individuais, está longe de representar o dobro do consumo anterior à gravidez, situando-se, no caso de uma gestação única, entre as 2200 e as 2300 Cal/dia.

No caso de uma gravidez de gêmeos o número de calorias total aumenta um pouco, situando-se entre as 3000 e as 3500 Cal/dia.

A melhor forma de obter essas calorias extra é manter uma dieta saudável e variada, com quantidades equilibradas de hidratos de carbono, proteínas, gordura e açucares.

Prato equilibrado - Guia da Grávida
Prato equilibrado – Guia da Grávida – adaptado de The eatwell plate

Coma:

  • Pão, massas e cereais, preferencialmente integrais (devem constituir aproximadamente um terço dos alimentos consumidos diariamente)
  • Fruta e vegetais (devem constituir outro terço da alimentação diária)
  • Proteínas (Ex: peixe, carne, feijão e ovos)
  • Produtos lácteos (Ex: leite, iogurte e queijo)

Limite o consumo de:

  • Alimentos com alto teor de gordura ou açucares
  • Bebidas açucaradas e refrigerantes

Outras dicas para manter um peso saudável

Além do tipo de alimentos consumidos é importante ter atenção às quantidades, a frequência das refeições e à forma de preparação dos alimentos. Por isso, recomendamos que:

  • Tome sempre o café da manhã – Essa é uma das refeições mais importantes do dia e lhe dará energia para começar a sua atividade diária. Inclua fruta e cereais integrais nesta refeição e apesar do nome da mesma, procure reduzir ou mesmo eliminar o café.
  • Faça pequenos lanches – Distribuir o consumo de alimentos ao longo do dia em pequenas refeições ajuda na absorção dos nutrientes e evita o ganho excessivo de peso.
  • Não exagere nas porções – O tamanho das porções é importante para não ganhar demasiado peso. Lembre-se que não é necessário “comer por dois”.
  • Coma alimentos ricos em fibra – A fibra contida nos alimentos ajuda ao trânsito intestinal e ajuda a eliminar a gordura.
  • Evite alimentos fritos – Os alimentos fritos são ricos em gorduras saturadas e contribuem diretamente para o aumento de peso.
  • Coma fruta – A ingestão diária de pelo menos 5 porções de fruta é uma ótima forma de obter energia e uma alternativa a alimentos processados de alto valor calórico.

Quanto peso posso ganhar?

A quantidade de peso adicional que é considerada saudável depende do peso e IMC (índice de massa corporal) no início da gravidez e é algo que deve ser analisado caso a caso, por um médico ou nutricionista.

No entanto, podemos considerar os seguintes valores médios, de acordo com o IMC apresentado ao início da gravidez:

ClassificaçãoIMCGanho de peso total (aproximado)
Baixo peso< 18,513kg a 18kg
Peso normal18,5 a 24,911,5kg a 16kg
Excesso de peso25 a 29,97kg a 11,5kg
Obesidade> 305kg a 9kg

Quais são os riscos de ganhar peso em excesso?

Se você já tinha peso excessivo ou começou a ganhar peso em excesso durante a gravidez, é normal que o seu médico decida monitorar o seu peso com maior frequência e lhe dê indicações no sentido de alterar hábitos alimentares ou aumentar a atividade física. Em alguns casos, o médico poderá ainda decidir encaminhá-la para um nutricionista.

A alteração do regime alimentar e atividade física é muito importante nestes casos, pois uma grávida com excesso de peso de peso corre maiores riscos de desenvolver problemas durante a gestação e parto.

Entre os problemas mais comuns que podem afetar uma grávida com sobrepeso, estão:

  • Pressão arterial elevada
  • Pré-eclâmpsia (um quadro clínico potencialmente grave, caracterizado por pressão arterial elevada e presença de proteína na urina)
  • Diabetes gestacional
  • Macrosomia (bebê com peso e tamanho acima do normal)
  • Necessidade de parto assistido ou cesariana

Quais são os riscos de ter peso baixo durante a gravidez?

Tal como o excesso de peso, o peso demasiado baixo também pode trazer problemas para a gravidez. Nesses casos, o médico poderá considerar necessário alterar o regime alimentar a fim de garantir que o bebê recebe todos os nutrientes de que necessita.

Além da mudança de dieta, poderá também ser necessário recorrer a suplementos alimentares de forma a minorar eventuais carências nutricionais.

Uma grávida com peso abaixo do normal corre risco acrescido de parto prematuro e de que o bebê nasça com um peso inferior à média.

Posso perder peso durante a gravidez?

De uma forma geral, não é desejável perder peso durante a gravidez. Por isso, as dietas com o objetivo de perda de peso são totalmente desaconselhadas durante os períodos de gravidez e aleitamento, uma vez que podem privar o bebê de nutrientes fundamentais ao seu desenvolvimento.

No entanto, em alguns casos, o médico poderá aconselhar a perda de peso, através de uma dieta específica e devidamente monitorada.

Em resumo

Ganhar peso de uma forma saudável durante a gravidez depende em larga medida da manutenção de uma dieta saudável e adequada às necessidades nutricionais desse período.

A obesidade na gravidez, ou o ganho excessivo de peso podem ser um problema em alguns casos, mas as dietas com objetivo de perder peso apenas podem ser feitas sob supervisão médica, estando totalmente desaconselhadas as restantes dietas.

Em alguns casos, pode também ser difícil ganhar peso suficiente, pelo que é fundamental que cada caso seja seguido de uma forma personalizada, atendendo às características e história clínica de cada gestante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.