O que é a crosta láctea?


Saiba o que é a crosta láctea ou dermatite seborreica infantil

Popularmente conhecida como cascão ou casquinha, a crosta láctea ou dermatite seborreica infantil, é um problema dermatológico bastante comum que atinge uma boa parte dos recém-nascidos.

O seu aspecto é semelhante ao da caspa, pelo que o couro cabeludo do bebê se apresenta com uma textura escamosa e quebradiça, de cor amarelada. No entanto, apesar do aspecto pouco agradável, a crosta láctea não causa coceira ou qualquer outro tipo de incômodo ao bebê.

Raramente, a crosta láctea pode aparecer junto às sobrancelhas, no rosto ou outras partes do corpo, sendo neste caso chamada apenas de dermatite seborréica.

Apesar do nome, a crosta láctea não tem nada a ver com leite, nem é causada pelo seu consumo, podendo a designação estar relacionada com a antiga crença de que esta pudesse estar relacionada com o consumo de leite durante os primeiros meses de vida.

O que causa a Crosta Láctea?

Os especialistas não são unânimes em relação às causas deste tipo de dermatite, mas sabe-se que a crosta láctea é um processo inflamatório e não é causada por falta de higiene.

A crosta láctea não tem origem bacteriana ou alérgica, estando provavelmente relacionada com a infeção pelo fungo Malassezia, também responsável pelo aparecimento da caspa em crianças mais velhas e adultos, ou com a hiperatividade das glândulas sebáceas, que serão responsáveis pela acumulação de pele morta junto ao couro cabeludo, formando assim a dita crosta.

Como tratar a Crosta Láctea?

Apesar da Crosta Láctea não ser nociva e desaparecer espontaneamente ao fim de alguns meses, você poderá melhorar sua a aparência com algumas medidas simples:

  • Use um óleo para bebês para suavizar a pele escamada, antes de dar banho ao bebê.

  • Lave regularmente a cabeça do bebê, escovando em seguida para remover pedaços soltos de crosta.

Evite arrancar as crostas do couro cabeludo, pois poderá provocar lesões na pele do bebê e conduzir ao aparecimento de infecções cutâneas.

Existem também produtos específicos para o tratamento da crosta láctea, à base de extractos naturais como o Aloé Vera ou óleo de Abacate, que poderão ser recomendados pelo seu médico ou farmacêutico.

Quando consultar o médico?

Por vezes, a dermatite causa fendas na pele, que podem ser uma porta de entrada para bactérias que causam infecções cutâneas. Convém por isso, estar atenta a sinais como vermelhidão da pele ou inchaço, que poderão indicar a presença de uma infeção.

Pode também acontecer o alastramento da dermatite para outras partes do corpo, o que pode estar relacionado com uma infeção fúngica mais severa.

Nesses casos, torna-se indispensável que o bebê seja observado por um médico, a fim de ser feito o diagnóstico correto e, se necessário, a prescrição de medicação adequada.

Em resumo

A Dermatite Seborreica Infantil ou Crosta Láctea é uma condição inflamatória que causa a descamação da pele do couro cabeludo, resultando numa crosta de aspecto amarelado.

Apesar de ter um impacto estético negativo, a dermatite seborreica não causa desconforto ou outro tipo de problemas ao bebê e tende a desaparecer espontaneamente à medida que este cresce.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.