Como cuidar dos dentes na gravidez


Higiene dental na gravidez: saiba por que é importante.

O cuidado com os dentes e boca é fundamental para qualquer pessoa, pois uma higiene oral deficiente pode favorecer o aparecimento de patologias com consequências graves.

No caso de uma mulher grávida a importância é ainda maior pois as consequências de uma má higiene dentária afetam tanto a mãe como o bebê.

Uma das maiores preocupações durante a gravidez é a gengivite, uma inflamação nas gengivas, que se não for tratada pode evoluir para periodontite, uma infecção grave da gengiva, que tem sido relacionada com o aparecimento de problemas cardíacos e pulmonares.

O que causa a gengivite?

A gengivite é causada na maioria dos casos por uma higiene oral deficiente que causa acumulação de resíduos e aumenta a quantidade de bactérias presentes nos dentes e gengivas. Alguns dos sinais mais característicos da gengivite são o inchaço das gengivas acompanhado de vermelhidão e o sangramento após a escovação.

Por isso é importante que você escove os dentes regularmente, após as refeições e ao deitar, e use fio dental para limpar o espaço entre os dentes e junto à gengiva, de modo a evitar o acumulo de bactérias.

O que acontece quando a gengivite evolui para periodontite?

Quando isso acontece, dá-se uma degradação da condição da gengiva, que começa a se retrair fazendo com que os dentes pareçam mais longos. Essa retração é acompanhada de um aumento do mau hálito e por vezes de dor.

A periodontite é uma condição muito mais preocupante do que a gengivite, uma vez que as bactérias responsáveis pela inflamação podem passar para a corrente sanguínea e afetar o feto, aumentando o risco de aborto espontâneo. Além disso, podem também causar problemas cardíacos na mãe, no caso de se acumularem nas válvulas do coração.

Apesar da periodontite poder ter consequências graves, a sua prevenção é simples, resumindo-se a uma boa higiene oral e consultas regulares no dentista.

Mantenha uma boa higiene oral

Lave os dentes após as refeições e antes de deitar, usando fio dental para retirar pedaços de comida que possam ficar alojados entre os dentes. O uso de fio dental é muito importante para manter a saúde das gengivas, pois além de remover pedaços maiores de comida ajuda também na remoção da placa bacteriana. Se tiver dúvidas sobre a melhor forma de usar o fio dental, pergunte ao seu dentista.

Marque uma consulta no dentista

É também importante que você consulte o seu dentista para avaliar corretamente a saúde dos seus dentes e gengivas, pois este será capaz de detectar as patologias quando estas ainda estão no seu início, conseguindo assim tratá-las de uma forma muito mais eficaz.

O ideal será marcar uma consulta assim que decidir engravidar, pois desse modo terá tempo para tratar quaisquer patologias que possam existir sem qualquer risco para o bebê.

Deverá também voltar a ser avaliada durante a gravidez, preferencialmente a partir do segundo trimestre.

Grávida pode tomar anestesia local  durante o tratamento dentário?

Sim, apesar da informação errada que por vezes circula, os medicamentos usados na anestesia local são seguros para uso na gravidez. No entanto, convém referir ao seu dentista que está grávida pois alguns medicamentos usados pelos dentistas para controlar hemorragias, não devem ser usados em gestantes. Além disso, tratamentos mais complexos ou demorados, como a colocação de aparelhos ortodônticos ou implantes, são geralmente adiados para depois da gravidez.

Embora alguns tratamentos, como a remoção de placa bacteriana, possam ser feitos sem anestesia, não é aconselhável prescindir da anestesia em tratamentos potencialmente dolorosos como a extração de um dente ou uma restauração, pois apenas aumentará o seu desconforto, sem nenhum benefício para o bebê.

Raios X no dentista

Muitas mulheres se preocupam com o efeito dos raios x durante a gestação, chegando mesmo a fazer circular a informação errada de que uma mulher grávida deve evitar o dentista por causa dos exames radiológicos.

Em primeiro lugar, uma ida ao dentista não implica a realização de um exame de raio x, uma vez que estes só são realizados em casos de absoluta necessidade como numa emergência dentária devido a uma infecção.

Mesmo que seja necessário fazer um raio x, como por exemplo para perceber a extensão de uma infecção num dente, o risco para o bebê é muito reduzido, uma vez que você irá usar uma proteção de chumbo para evitar que o raio x afete o resto do corpo.

Além disso, os aparelhos de raio x modernos são muito mais seguros do que antigamente e os dentistas estão treinados para evitar que o seu bebê corra riscos desnecessários.

Siga as recomendações do dentista e visite-o regularmente

Para além da higiene dentária básica, siga as recomendações feitas pelo seu dentista, pois ele saberá o que melhor se adequa ao seu caso em particular.

Além dos problemas mais graves como a gengivite e periodontite, o seu dentista poderá detectar e tratar outros problemas como a erosão dos dentes causada pelo ácido em excesso resultante dos enjoos matinais, por isso é importante que você marque consultas regulares para controlar a saúde dos seus dentes e evitar problemas que possam prejudicar o seu bebê.

Em resumo

Por que é importante cuidar dos dentes durante a gravidez?

O cuidado com os dentes é especialmente importante neste período devido ao risco de periodontite, uma infeção que tem início nas gengivas mas pode afetar outros órgãos, pondo em risco a vida da mãe e do bebê.

Os tratamentos no dentista são seguros?

Não só são seguros, como muitas vezes são absolutamente imprescindíveis. Contrariamente a alguma informação que circula, a anestesia local e o raio-x são perfeitamente seguros!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.