Raio-X na gravidez


Grávida pode fazer raio-X?

Apesar de certos exames de raio-X serem evitados durante a gravidez, este tipo de exame é de um modo geral seguro, uma vez que a dose de radiação é tão baixa que a chance de haver danos nas células do bebê é extremamente diminuta.

A título de exemplo, a dose efetiva de radiação recebida num raio-X ao tórax é de cerca de 0,02 mSv (milisievert). Você teria de fazer mais de 100 raios-X ao tórax para receber a mesma dose a que estamos expostos anualmente no meio ambiente (cerca de 2,5 mSv) e ainda assim estaria dentro dos limites de segurança.

Que tipos de exames de raio-X são perigosos?

Não se pode falar propriamente de exames perigosos, pois em todos eles as doses de radiação estão dentro dos limites aceitáveis para a saúde humana. No entanto, as doses de radiação variam conforme os exames realizados e os exames com doses mais altas, como por exemplo a tomografia computadorizada, são normalmente evitados durante a gravidez.

Por outro lado, a zona do corpo examinada também influencia a decisão do médico, sendo normalmente aceitável fazer exames radiológicos a braços e pernas enquanto as radiografias ao abdômen ou órgãos reprodutores são geralmente substituídas por exames de ultrassons, uma vez que estes não utilizam radiação.

Existem riscos para o bebê?

Vários estudos têm sido realizados para determinar a segurança dos raios-X no período pré-natal, não tendo sido encontrada até à data qualquer relação entre doses baixas de radiação durante a gravidez e aparecimento de câncer ou outras alterações celulares na infância.

Ainda assim, a opinião generalizada entre a classe médica é a de limitar ao mínimo necessário o recurso a exames radiológicos, pois apesar de a dose de radiação ser mínima ela está presente e pode, teoricamente, causar danos celulares.

No meu trabalho estou exposta a radiação

No caso de trabalhar com materiais radioativos, como é o caso dos técnicos de raio-X, você poderá estar exposta a uma dose maior.

Porém, nesse tipo de trabalhos, os procedimentos obrigam ao uso de algum tipo proteção de forma a que os níveis de radiação não ponham em perigo a saúde do trabalhador.

No entanto, se estiver preocupada com os efeitos nocivos da radiação procure informar-se acerca dos regulamentos existentes e discuta o assunto com o seu empregador.

Em resumo

Os exames de raio-X são considerados seguros durante a gestação, pelo fato de os níveis de radiação serem muito reduzidos. Porém, como medida de precaução, a realização de exames com níveis de radiação mais elevados é em regra evitada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.