Reflexos primitivos: o que são?


Saiba o que são reflexos primitivos

Todos os bebês nascem com um conjunto de reflexos inatos que os ajudam a adaptar-se aos novos desafios da vida fora do útero.

Esses reflexos primitivos têm como objetivo potenciar a sobrevivência do recém-nascido, facilitando a alimentação e reforçando o vínculo entre o bebê e os seus progenitores.

Embora alguns reflexos, como o reflexo de marcha ou a preensão plantar pareçam não servir um propósito imediato, outros como o reflexo de busca ou o reflexo de sucção, desempenham um papel importante na amamentação, durante os primeiros meses de vida, até que o bebê comece a dominar a musculatura e consiga mamar de forma voluntária.

Conheça abaixo, a importância dos reflexos primitivos no desenvolvimento do bebê.

Como reconhecer os reflexos primitivos

Entre os reflexos mais fáceis de observar no recém-nascido, contam-se os seguintes:

  • Reflexo de preensão palmar: O bebé agarra involuntariamente qualquer objeto que seja colocado na palma da sua mão. Esse reflexo tem a sua origem no passado evolutivo da nossa espécie e está relacionado com a necessidade dos bebês se agarrarem ao corpo da mãe enquanto eram transportados. Embora a sua função de sobrevivência não seja tão importante nos dias de hoje, este reflexo continua a servir para reforçar o vínculo com os pais, na medida em facilita a interação e proximidade entre estes e o bebê.

  • Reflexo de preensão plantar: Tal como no reflexo de preensão palmar, o bebê irá curvar os dedos pés para dentro se um objeto for posicionado na planta do pé, como se tentasse agarrá-lo. Da mesma forma que a preensão palmar, esse reflexo é um resquício do nosso passado evolutivo, não tendo atualmente uma função relevante para a sobrevivência.

  • Reflexo de busca: Ao tocar o rosto de um bebê com um dedo ou outro objeto, o bebê tende a virar a cabeça na direção do toque. Esse reflexo ajuda o bebê a encontrar o mamilo na hora de se alimentar, constituindo um reflexo de sobrevivência.

  • Reflexo de sucção: Ao colocar um dedo ou o mamilo em contato com a boca do bebê, este irá começar a sugar. Tal como o reflexo de busca, o reflexo de sucção é fundamental para a sobrevivência, até que o bebê consiga mamar de forma deliberada.

  • Reflexo de caminhada: Ao segurar um bebê pelas mãos, permitindo que a planta dos pés toque no chão, este irá “caminhar”, colocando sucessivamente um pé à frente do outro. No entanto, devido à imaturidade muscular este reflexo não permite que o bebê caminhe realmente, tendo de esperar pelo menos mais um ano até que possa dar os primeiros passos.

  • Reflexo de Moro: Quando assustado, o bebê estende os braços com as palmas das mãos voltadas para cima, fechando-os em seguida, como se tentasse encontrar algo a que se agarrar. A este abrir e fechar dos braços, segue-se normalmente um choro alto, possivelmente com o objetivo de alertar os pais. Este “susto” pode ser provocado por diversos fatores, como uma mudança súbita de posição, perda de sustentação ou variação brusca de temperatura. Tal como o reflexo de preensão palmar, o reflexo de Moro terá a sua origem no nosso passado evolutivo, motivado pela necessidade do bebê se manter agarrado à progenitora ao ser transportado.

Reflexo de busca
Reflexo de busca – Foto: Bigstock.com

Quando desaparecem os reflexos primitivos?

Os reflexos primitivos tendem a desaparecer à medida que o sistema nervoso e o cérebro do bebê se desenvolvem, sendo inibidos pelo funcionamento dos lobos frontais.

No entanto, esses reflexos podem voltar na infância ou idade adulta se ocorrer uma lesão dos lobos frontais, pelo que a sua presença em idades tardias é normalmente indicadora do comprometimento dos lobos frontais.

Porém, estes reflexos não desaparecem todos ao mesmo tempo, variando entre os 2 meses e os 12 meses, conforme o tipo de reflexo. Além disso, os reflexos desaparecem em alturas diferentes em cada criança, podendo haver ligeiros atrasos no seu desaparecimento sem que isso signifique que exista um problema.

Na seguinte tabela, encontram-se os tempos médios para o desaparecimento de cada um dos principais reflexos:

ReflexoIdade em que desaparece
Reflexo de Moro2 meses
Caminhada2 meses
Busca4 meses
Sucção4 meses (torna-se voluntário)
Preensão Palmar5-6 meses
Preensão Plantar9-12 meses

Ausência de reflexos primitivos, o que significa?

A ausência ou diminuição de certos reflexos, como o reflexo de preensão palmar pode estar relacionada com a existência de problemas neurológicos congênitos, como a paralisia cerebral.

No entanto, em bebês prematuros, é frequente haver uma menor intensidade de alguns reflexos nos primeiros dias de vida, o que está apenas relacionado com a prematuridade, normalizando-se à medida que o bebê recupera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.