Teste de ovulação: como funciona?


Entenda como funcionam os testes de ovulação

Quando tentamos engravidar, por vezes é difícil determinar o momento da ovulação e por mais cálculos que façamos as contas continuam sem bater certo.

Muitas vezes essa dificuldade tem a ver com irregularidades no ciclo menstrual ou com problemas no cálculo do período fértil. De qualquer das formas, o resultado é o mesmo: dificuldade em engravidar!

Porém, atualmente existem dois tipos de testes que permitem determinar de uma forma precisa o momento da ovulação, o que em teoria aumenta as chances de sucesso.

Teste de ovulação através de recolha de urina

Teste de ovulação através de recolha de urina
Teste de ovulação através de recolha de urina | Foto: Adobe Stock

Esse tipo de teste é o mais comum e pode ser encontrado em qualquer farmácia.

O teste de urina é muito parecido com o teste de gravidez e detecta os níveis do hormônio luteinizante (LH) presente na urina, permitindo fazer uma previsão da ovulação entre 24 h e 36 h antes desta ocorrer.

Isso é possível porque os níveis do hormônio LH, que regula a produção de progesterona e a maturação dos óvulos, aumentam entre 2 e 5 vezes nos dias que antecedem a ovulação.

Porém, o teste não é 100% preciso, uma vez que em certos casos pode detectar um aumento dos níveis de LH sem que a ovulação ocorra. Esse “falsos positivos” podem dever-se, entre outros fatores, a um falso aumento da concentração de LH na urina.

Por isso, para evitar a leitura errada dos níveis de LH é aconselhável deixar correr um pouco de urina antes de fazer o teste, uma vez que os níveis de LH do primeiro jato de urina podem estar demasiado concentrados.

Teste de ovulação através de recolha de saliva

Esse tipo de teste é menos utilizado, mas também apresenta resultados bastante fiáveis. Existem testes no mercado (o kit é composto por um microscópio em miniatura), mas é possível obter o mesmo resultado observando a saliva através de um microscópio de brinquedo, desde que este tenha uma ampliação de pelo menos 100x.

A determinação da ovulação através da saliva é possível porque o aumento dos níveis de estrogênio e LH fazem aumentar o grau de salinidade da saliva, que ao secar se deposita formando padrões semelhantes a plantas que podem ser observados ao microscópio.

Como fazer o teste:

  1. Espere pelo menos 2 horas sem beber ou ingerir alimentos
  2. Recolha a saliva numa lamela
  3. Deixe secar e observe a forma dos cristais de sal
  4. Se os cristais de sal apresentarem a forma de uma folha de samambaia (também conhecida como feto), a probabilidade de você estar ovulando é de cerca de 98%.

Resultados possíveis:

Teste de ovulação: Padrões de saliva
Teste de ovulação: Padrões de saliva

Devo combinar outros métodos com o teste de ovulação?

Sim, os testes de ovulação são apenas mais uma ferramenta ao seu dispor para a ajudar a determinar o momento ideal para a concepção, mas não substitui outras técnicas como a contagem dos dias que se seguem ao período menstrual (no caso de você ser regular) ou a medição diária da temperatura basal.

Não se esqueça também que a frequência das relações sexuais também é muito importante e a melhor forma de aumentar as chances de concepção é manter relações sexuais regulares durante todo o ciclo e não apenas durante o período fértil.

Mas como por vezes não é possível manter essa regularidade nas relações sexuais, as relações programadas durante o período fértil são a segunda melhor escolha para os casais que pretendem engravidar.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.