Como mudar fraldas descartáveis

Mudar fraldas é uma daquelas tarefas recorrentes no cuidado diário do bebê, mas se você é mamãe ou papai de primeira viagem, poderá ter algumas duvidas a esse respeito.

Mudar uma fralda não é difícil e a verdade é que rapidamente nos tornamos super eficientes nessa tarefa. Mas com toda a novidade que um bebê acarreta, alguns pormenores podem, por vezes, passar-nos ao lado nos primeiros dias dessa nova etapa.

Por isso, preparamos para você esse artigo com algumas dicas para tornar mais fáceis as primeiras mudas de fralda.

Como mudar uma fralda em 5 passos

Pai mudando fralda
Foto: Adobe Stock

1 – Dispa o bebê da cintura para baixo – Isso evitará sujar a roupa do bebê com cocô ou xixi enquanto estiver mudando a fralda. Se o bebê usar macacão, dobre-o para cima, de forma a deixar a fralda e parte da barriga do bebê descoberta.

2 – Abra a fralda suja – Abra a fralda, dobrando os velcros para dentro e se for cocô, use a própria fralda para limpar a maior parte. Algumas pessoas preferem colocar uma fralda limpa por baixo da suja, assim quando o bebê estiver limpo é só retirar a fralda suja e ele fica em cima da fralda limpa.

Pai mudando fralda
Foto: Adobe Stock

3 – Limpe o restante – Feche a fralda suja por baixo do bebê. Em seguida, levante as pernas do bebê, segurando-o cuidadosamente pelos tornozelos e limpe o cocô restante com uma compressa molhada ou toalhete de limpeza. Se for apenas xixi não há necessidade de prender as pernas do bebê.

 

No caso de se tratar de um menino, poderá colocar uma toalha a cobrir o pênis, de forma a prevenir possíveis jatos de xixi.

Tenha o cuidado de limpar sempre de cima para baixo, dos genitais para o ânus, evitando assim a ocorrência de infecções, especialmente nas meninas.

4 – Seque o bumbum – Use uma compressa para secar o bumbum e os genitais do bebê, secando sempre de cima para baixo. Se o seu bebê tiver maior propensão para assaduras, aproveite para passar um pouco de creme.

Pai mudando fralda
Foto: Adobe Stock

5 – Coloque a fralda limpa – Se tiver colocado a fralda limpa ao início, simplesmente retire a fralda suja. Caso contrário, segurando os tornozelos do bebê, retire a fralda suja e coloque a fralda limpa, fechando-a com os velcros.

Dicas para a muda de fralda

  • Nunca volte as costas – O bebê pode se mexer a qualquer momento e, a menos que esteja mudando a fralda no chão, existe um grande risco de queda.
  • Tenha tudo à mão – Se se esquecer de algo, coloque o seu bebê no berço ou em outro local seguro e vá buscar o que falta. Nunca o deixe sozinho no mudador!
  • Tenha um brinquedo por perto –  Os bebês nem sempre  estão de bom humor e por vezes podem necessitar de algum tipo de distração para tornar a mudança de fralda mais fácil.
  • Fale como o seu bebê enquanto muda a fralda – É importante que o bebê encare a mudança de fralda como algo divertido e positivo. Isso facilitará muito o seu trabalho.
  • Use creme anti-assaduras apenas quando necessário – Nem todos os bebês têm a mesma tendência para assaduras e estas são mais frequentes com o uso repetido de toalhetes de limpeza em vez de água.

Por isso, use creme apenas quando for necessário, aplicando apenas uma pequena quantidade de creme. Não vale a pena deixar o bumbum do bebê branco de tanto creme, pois não aumentará a eficácia do creme.

<
  • Prefira compressas molhadas a toalhetes de limpeza – O uso continuado de toalhetes de limpeza, mesmo os das melhores marcas, aumenta o risco de assadura.

Sempre que puder, limpe apenas com água, usando compressas umedecidas e guarde os toalhetes para quando estiver fora de casa. As compressas feitas de tecido não tecido (TNT) são especialmente aconselhadas para a higiene do bebê, uma vez que não soltam fibras.

Fraldas descartáveis ou reutilizáveis?

Essa é uma questão que permanece em aberto, pois ambas as soluções apresentam vantagens e desvantagens.

Nos últimos anos as fraldas reutilizáveis têm se tornado mais populares, pois fornecem um conforto e funcionalidade semelhantes às descartáveis, com a vantagem de serem mais amigas do ambiente. No entanto, o investimento inicial tende a ser elevado e apenas compensa ao fim de alguns meses. Além disso, este tipo de fraldas tem de ser cuidadosamente lavada após cada utilização, o que aumenta o tempo dispendido com a lavagem da roupa, uma vez que não devem ser lavadas junto com o resto da roupa do bebê.

As fraldas descartáveis apresentam a vantagem de tornar tudo mais fácil e rápido, o que para muitas pessoas é um fator importante, pois muitas vezes o ritmo de trabalho não permite dispor do tempo necessário para tarefas extra, como lavar fraldas. No entanto, estas são poluentes e o seu custo total (somando todos os anos de uso) é muito superior ao das fraldas reutilizáveis.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on Reddit

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *